Diagnósticos

Investigação Imunológica

Atualmente existem exames capazes de diagnosticar o problema pelos quais muitos casais não engravidam ou engravidam e perdem o seu bebê. Sabe-se que muitos dos abortamentos inexplicados se devem, na verdade, a distúrbios imunológicos.
Vários dos casos classificados como “infertilidade sem explicação” ou “sem causa aparente” são, na verdade, decorrentes de alterações imunológicas não diagnosticadas e passíveis de tratamento. Esses distúrbios podem responder não apenas por quadros de abortamentos, mas também por repetidas falhas nas tentativas de fertilização in vitro (FIV). Exames como a pesquisa de células NK (natural killer), trombofilias, cross-match, fator V de Leiden, compatibilidade HLA-G, entre outros, podem ser necessários.
Análise do muco cervical e teste pós-coital: na ocasião do período fértil pode-se analisar a qualidade e a quantidade de muco produzida. Quando realizada algumas horas após a relação sexual, esta avaliação permite também estudar o desempenho dos espermatozóides em meio ao muco.