Artigos

É possível engravidar após laqueadura tubária?

A laqueadura tubária é um procedimento de esterilização definitiva que consiste na obstrução cirúrgica das trompas uterinas, impedindo o encontro entre o óvulo e o espermatozóide (fecundação).

Mulheres que desejam engravidar, após a realização da laqueadura tubária, podem optar por uma cirurgia de reversão. Esse procedimento é feito por videolaparoscopia onde as tubas passam por reanastomose (reconstrução), é uma cirurgia complexa, com taxas de sucesso limitadas e dependente das condições das tubas (se elas estiverem doentes, dilatadas ou com cicatrizes, o sucesso é reduzido), além da maior incidência de gravidez ectópica (fora do útero).

A fertilização in vitro pode ser uma opção segura e eficiente, principalmente para mulheres com mais de 35 anos e/ou com algum fator de infertilidade.
O ideal é  consultar um médico especialista em reprodução assistida para uma decisão conjunta e personalizada do melhor procedimento para obter a gestação.